Skip to main content

Posts

Primeira regra: Não deixar ir

Eu mandei-Te embora, apaguei as nossas memórias e fingi que nunca tinhas existido na minha vida. Chegava da universidade, chegava do trabalho e não sentia o teu cheiro mais na minha casa.. chegava à cama e não dormia no teu colo, não me refugiava em ti... Desculpa, que bom que voltaste .. que combates-te a minha forçada amnésia e me fizeste ver que contigo eu estou mais segura. Contigo eu sou mais eu. Amo-te..

Recent posts

Novidades (ou não)

Então o negativo era mesmo negativo, Foi apenas uma disfunçãozita nas minhas hormonas por ter deixado a pilula. Porém como adorámos a ideia da possibilidade dum bebé e tornámo-nos oficialmente tentantes ahah, sim. Iniciei o meu ciclo de folicil e só nos resta namorar muito a ver no que dá. Esperamos encontrar a nossa estrelinha rapidamente... Próximo passo: deixar de fumar, unf. O namorado deve estar a chegar com o nosso lanchinho por isso até ao próximo post. Mil beijinhos.

Dúvida / Negativo 

Este é um post naturalmente intimo.  Acabei de estar com a minha mae e estou a caminho de casa. Dúvida de que? De uma gravidez ...  Tudo na minha vida é recente, viver sozinha bem como o meu relacionamento, universidade... Não preciso dizer que a minha mae está mais feliz que eu com isto.. Pediu-me que fosse ter com ela e ofereceu-me um teste. Queria saber em primeira mão. Negativo. Mas os sintomas são óbvios... Mandou-me repetir caso este mês o meu periodo volte a brincar às escondidas. Quanto ao papá, quer tanto quanto o céu ser azul. Amo-te tanto.
Ele é a leveza de uma brisa matinal. O calor de um raiozinho de sol pela tarde. Chuvisco de um domingo de preguiça. Café num dia agitado.. Por vezes tempestade mas, quem não é um pouco tempestade às vezes? Em noites de insónia eu posso acordá-lo, nas noites calmas eu posso acordá-lo também. Não há fim no nosso começo, eu e jamais me esqueço o quanto gosto de ti milhões de vezes. Tantas vezes que virou Amor.

Profundamente

É tarde.. e ele ainda não chegou... cheguei a casa por volta das 17h e estou até agora cativa deste meu lado que não conto a ninguém que o tenho, estive a investigar-me e a questionar-me se faria sentido manter todo aquele passado que me é, agora, estranho.. questiono-me se não devia livrar-me de tudo de uma vez... e só consegui concluir que apesar de estar tudo resolvido no passado tudo aquilo um dia fui eu, cruamente eu naquelas linhas eternas que significaram tanto naquela altura.. e mesmo que um dia ... a pessoa que me é tudo agora descubra este canto negro de mim... com certeza irá perceber que ele também teve passado... e que apesar de ser para alguém o que escrevi... neste momento aquilo não passa do meu percurso por um blog... permanecerá assim. AINDA DEMORAS? MIL BEIJOS DE AMOR

Tenho medo de admitir

Mas é exactamente dele que eu preciso.. Pode até parecer cliché..
Mas é uma verdade analítica! Eu já 'precisei' de algumas pessoas porém aceitava que não precisassem de mim e nem me apercebia do quanto na realidade isso nem era "precisar" eram meras "conveniências" .
Porque tenho esta pessoa que suporta as minhas brigas que faz do impossível possível para que tudo passe e acima de tudo.. Fica!

Ganhaste-me

Se eu achei algum dia que tinha sido amada, não fui...  Sofrer no amor deve ser apenas por uma saudade breve.. não por eternas ausências,  Tiraste-me disso tudo. Pegaste em mim e mostraste-me como é ser amada... com uma dedicação incansável que nunca morreu.. Estiveste sempre lá , colocaste-me à frente de tudo, antes de eu ser algo para ti..  Não te importavas como tudo ia terminar ou no que ia dar.. não pensavas duas vezes se o assunto fosse eu, apaixonaste-me...
As noites que passas-te ao meu lado sem dizeres nada, dizias tudo. Ganhaste-me.